sábado, 18 de março de 2017

SAMU de Paulo Afonso realiza campanha de conscientização para combater os trotes

                                 
As chamadas falsas, popularmente conhecidas como ‘trote’, continuam liderando os índices maiores registros do Serviço de Atendimento Móvel (SAMU192). De acordo com a coordenação do serviço, de 17.548 ligações anuais, 13.005 são informações de ocorrências inexistentes.
Para a Secretaria Municipal de Saúde, o lado mais cruel dessa prática está na perda social. Enquanto uma viatura se desloca para atender a uma falsa ocorrência, alguém que realmente necessita de socorro deixa de ser atendido no tempo. Essa demora pode até custar o preço de uma vida. “A demora no atendimento devido a um trote representa um tempo precioso para quem depende de socorro imediato”, observa a coordenadora do SAMU/Paulo Afonso, Fabrízia Vital. A coordenadora salienta que “Trote é crime com pena de 1 a 3 anos de prisão.
Para chamar a atenção da população pauloafonsina sobre a necessidade de combater essa prática criminosa, o SAMU estará realizando uma série de atividades que terão inicio nesta quinta-feira, 16 de março, com um pedágio na Avenida Getúlio Vargas, em frente à antiga papelaria Jatobá, das 7h às 17h. No sábado (19), o pedágio será na CEASA do BTN, das 7h às 14h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário